Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Mundo em Flor

Sempre que adormeço
espero o mundo acordar em paz
e os canhões, todos em silêncio,
velando o sono dos que resistiram.

Sempre que amanhece
escuto o grito dos injustiçados,
almas aflitas, ensangüentadas,
almas que choram pelos que partiram.

Por onde andas justiça?
por quanto sangue custará o teu resgate?

Dá-me o que comer, dá-me o que beber!
não me deixes perecer assim, sem tempo.

Seja a nossa voz, escuta o nosso grito!
Justiça dá-me tua liberdade, tende piedade!
salve o nosso povo aflito.

E toda fome será saciada,
a humanidade partilhando amor.
E toda lágrima será enxugada,
o mundo inteiro amanhecendo em flor.
Carlos Medeiros
Enviado por Carlos Medeiros em 07/10/2007
Reeditado em 28/03/2008
Código do texto: T684047

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caco Passarinho http://www.recantodasletras.com.br/autores/cacopassarinho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Medeiros
Aracati - Ceará - Brasil, 57 anos
45 textos (5262 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 20:18)
Carlos Medeiros