Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No plano natural das coisas

Minhas mãos juntas
Apontam para o alto
Em forma de prece

Como preito fecundo
Humildemente à vida
Agradecem

Gotas de chuva
Mansas,
Do céu caem

Depois vem o sol
Calmo e soberano
Que tudo incandesce

No plano natural das coisas
As forças da natureza
Agem e a tarde tece!



 



 
 

Celio Govedice
Enviado por Celio Govedice em 25/10/2007
Reeditado em 13/10/2016
Código do texto: T708884
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celio Govedice
Santana de Parnaíba - São Paulo - Brasil
1260 textos (68818 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 06:31)
Celio Govedice