Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA PAISAGEM DA ALMA
Juliana Valis




Toda chama de vida é verso forte e loquaz,

 

Assim, tão disperso, no labirinto dos dias,

 

Que o próprio universo, em seus anseios de paz,

 

Transforma-se em sonhos que tu mesmo já vias...

 

 

 

E, a esmo, a vontade de mudar esse mundo

 

Numa só tempestade de alegria e de amor

 

Faz da só poesia um pensamento profundo,

 

Superando este vento disfarçado de dor...

 

 


Eis na paisagem de tua própria alma

A imagem lídima de quem tu mesmo és,

Além da vã miragem que já não te acalma

Na manhã perdida em tantas vis marés...



Eis teu sonho, meu amor, na vida,

Superando o vértice da leviandade,

Quando o próprio vento nobre te elucida

O sentimento insigne que a própria fé invade !


 

 

 


E por mais que o tempo, inexorável, leve

Cada dia inócuo que se esvai do mundo,

Verás, um dia, que essa carne breve

Serve de passagem ao sonho mais profundo,

Rumo ao próprio ápice que o amor descreve...



Portanto, tudo é mesmo correnteza

De emoções, de idéias, de teus pensamentos,

Em cada dia efêmero, em cada noite ilesa

Na estrada entre corpo, alma e tantos sentimentos

Que, sem calma, a vida, em sua natureza,

Transforma todo amor na geração dos tempos.

Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 06/11/2007
Código do texto: T726370

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (881859 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:55)
Juliana Silva Valis