Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na contramão

Na camisa surrada
Encharcada de suor
O pó da estrada
Só me faz sentir melhor

Sigo nas asas do vento
Eu vivo na contramão
Das luzes em movimento
Que aceleram meu coração

Na calca jeans desbotada
Eu levo todos os ais
Que se esparramam na estrada
E logo o vento desfaz

Vou com a mochila nas costas
Respiro a liberdade
Na brisa que o vento sopra
E me livra das vaidades

Vaidades que deixei lá na cidade
Dos homens sérios de cara lavada
Que acham que a felicidade
Tem que ser branca, de seda e engomada.
 
                  ----------
Cada um na sua
Eu não tenho nada contra e nem a favor
Muito pelo contrario...


petronio paes frança
Enviado por petronio paes frança em 12/11/2007
Reeditado em 06/12/2010
Código do texto: T734672
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
petronio paes frança
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
549 textos (20656 leituras)
2 áudios (40 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 19:15)
petronio paes frança