Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brisa

Era frio
E o vento domava a vontade
A insolência era como nada
E o vazio varava a noite deserta
Mistérios e nuvens se misturavam
Como vazio em pranto
Às vezes era o silencio a chorar
Era um ultimo cálice
Era uma queda, um cristal quebrado!
Era frio, era o fio...
Um mundo, um copo caindo...
E desejos num latejo
E como certeza e lamento
A brisa vinha, e era fria.
Claudo Ferreira
Enviado por Claudo Ferreira em 01/12/2007
Reeditado em 26/03/2013
Código do texto: T761206
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Claudo Ferreira
Tabuleiro do Norte - Ceará - Brasil, 53 anos
272 textos (38413 leituras)
81 áudios (6569 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 23:59)
Claudo Ferreira