Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pombinha mensageira

Pombinha branca, mensageira da esperança,
Singrando os céus como a ave peregrina,
Proponho a ti que firmemos u’a aliança,
Em meu socorro, ave meiga e pequenina.

Traz para mim, por favor, recado dela,
Que me convença de que a vida continua.
Que eu sou o Sol a iluminar sua janela,
Ainda que ela seja para mim a Lua.

Que a nossa sina de vivermos separados,
Em nada impede nosso idílio amoroso.
Se o Universo é que nos fez apaixonados,
Quem ousaria impedir o amor ditoso?

Deste amor que chega à ela a centelha,
Amor tão belo, sentimento tão profundo,
Passe-lhe às mãos a linda rosa vermelha,
Pois que o meu é o amor maior do mundo.
José Antonio Siqueira
Enviado por José Antonio Siqueira em 20/01/2006
Reeditado em 20/01/2006
Código do texto: T101647
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Antonio Siqueira
Itariri - São Paulo - Brasil, 67 anos
33 textos (1630 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:57)
José Antonio Siqueira