Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades de João da Cruz

Nao sei escrever poesia,
não sei rimar e fazer versos,
muito menos criar frases
que terminem com sons
que parecem eco.

Mas sei falar do que eu sinto,
do que penso e me recordo,
dos dias felizes que tive
quando meu pai estava perto!

Lembro das histórias de bichos,
de piratas ou mal assombradas.
Ou quando era menino, e a vida
era só nadar  e velejar em mar aberto!

Quantas vezes ouvi sobre seu navio,
pobre Beberibe...., que sempre afundava!
De quando o capitão a bordo se ajoelhara,
e pedia a Deus pelos seus camaradas!

Ou quando sozinho, nas areias caminhara,
em uma ilha muito longe, com a qual eu sonhava!
A mística Trindade! Na mesma praia,
onde passara,Capitão Kid e seus piratas !

Lembro dos bichos que criava,
Pois  com  caninos e felinos, não se contentava,
deleitando eu meus irmãos,
quando em casa adentrava,
trazendo uma cabra, já com nome,
"Rebeca" , assim ele a chamava!

As estrelas... apresentou-nos todas!
Perdida nunca ficaria,
bastava olhar as Três Marias,
que o Cruzeiro do Sul, ao lado estaria!

Passou o tempo, quantas histórias,
aprendidas em nenhuma escola.
Mas trazidas na alma,por toda vida.
Saudades de uma época, que nunca irá embora!
marta cruz de lima
Enviado por marta cruz de lima em 30/01/2006
Reeditado em 30/01/2006
Código do texto: T106207
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marta cruz de lima
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
9 textos (1273 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:42)
marta cruz de lima