Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta De Amor 2

 
Carta de Amor 2

Ver-te, ao menos não me foi possível,
por isso começo a escrever esta quem sabe, derradeira carta.
Resume ela a prece de um pobre e amargurado coração,
que te envia a sua última mensagem!
Sinto em meu íntimo, tanta angústia,
tanta saudade que não há palavra para traduzir.
Como tudo sem ti, é triste e vazio!
Quando estou só, ouço a tua vóz macia,
que despertou em meu coração tão grande amor...!
Ouço-a no céu, na terra, na chuva, no vento.
Tu não me sais da lembrança,
da memória que apesar de perturbada, guarda
com doce ternura, a tua majestosa imagem;
os felizes momentos vividos ao teu lado!
Agora para o meu pesar, só existe sofrimento.
Sabe, querido? Ás vezes olhando para as estrêlas,
quisera eu ser uma.
Talvez assim, um dia,
o teu olhar voltaria para mim e eu me sentiria
infinitamente feliz! Ou quem sabe morrer?
Minha alma seguir-te-ia, como uma
sombra constante e te diria a murmurar
em teu ouvido = amo-te, amo-te querido!
Porém amanhã é outro dia, a vida
continua e o meu mal é sem remédio.
Para que recordar se tudo acabou? Hoje,
talvez seja uma estranha, uma desconhecida,
que jamais se introduziu em tua vida e talvez
seja melhor assim... As horas passam e
minhas forças se esvaem. Sem mais digo-te:
Meu coração te pertence!!!





Gena Maria
Enviado por Gena Maria em 09/05/2005
Reeditado em 09/05/2005
Código do texto: T15976
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gena Maria
Marília - São Paulo - Brasil, 70 anos
68 textos (10160 leituras)
6 e-livros (3518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:07)
Gena Maria