Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pedido ao Mar

Oh! Mar que tantas
coisas levas para si!
Por que não levas
também esta saudade
que insiste em me perseguir?
Leva! Leve – a
para bem longe de mim!
E não a tragas de volta
como trazes
o que não te interessa!
Fica com ela.
Tu és forte,
capaz de suportar
a dor que esta saudade
vive em mim a provocar.
Me enfraqueço
 e até esqueço
de outro amor procurar.
E se assim continuo
acabarei esquecendo também
que sou humana,
sou alguém
que ainda sabe amar.
ANA MARIA CALHEIROS DE MELO
Enviado por ANA MARIA CALHEIROS DE MELO em 28/05/2006
Código do texto: T164682
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANA MARIA CALHEIROS DE MELO
Francisco Morato - São Paulo - Brasil, 57 anos
50 textos (2312 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:50)