Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades do Sertão


Como é doloroso pra mim,
Abandonar o sertão...
Chegar na cidade grande,
Com uma dor no coração!
Acordar de manhã cedo,
E não ver meu alazão...
Não sentir o cheiro do café,
Nem a lenha no fogão.
Não poder andar no mato,
Com os pés descalços no chão,
Não ficar mais na calçada,
Tocando meu violão...
Não ouvir os contos e causos,
Não brincar de pião,
Nem ver a mulecada,
Correndo sem direção...
Sentir falta das festas,
Das bandeiras de São João...
Da pamonha...da canjica,
Dos dias de procissão...
Das noites de lua cheia,
Das chuvas no oitão,
Como é doloroso pra mim,
Abandonar o sertão...


suely nobrega
Enviado por suely nobrega em 05/06/2006
Código do texto: T170069
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
suely nobrega
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 32 anos
9 textos (743 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:01)
suely nobrega