Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUSÊNCIA

O telefone já não toca
Você já não me chama
Sinto um vazio
Eu e a companheira solidão
E cadê você?
Ouço vozes, palavras
Vejo vidas, vejo sorrisos
E você?
Abro meu arquivo
Só encontro coisas do passado
Me trazem lembranças
Mas você?
Vejo esperança
Me sinto até criança
Quero ver você
Acima de tudo amar você
Ah! pobre esperança
Já começa a morrer
Meia esperança
Esperança enganosa, mentirosa
Pois você nunca virá
Vir porque, e para que?
Se você existe apenas em sonho
Fruto da minha imaginação!

Mari Cordeiro
Marines
Enviado por Marines em 12/06/2006
Código do texto: T174196

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marines
Ponta Grossa - Paraná - Brasil, 61 anos
193 textos (18587 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:08)
Marines