Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As palavras que restaram...

Ontem te conheci,
Te desejei,
Me apaixonei.
O tempo passou...
E você não percebeu o quanto te amei.
E o quanto de mim, eu ainda poderia te dar.
Você escapou de minhas mãos...
Te senti, e num instante depois te perdi.
Hoje não sei onde te encontrar,
Não sei onde você estar.
Por varias vezes tentei, acalmar meu coração,
E faze-lo entender que você não vai voltar.
Hoje aprendi a viver sem você!
Só não consegui te esquecer.
Lembranças, só as lembranças permanecem em meus pensamentos.
Já me acostumei com elas.
Já que elas são uma parte de nós dois.
É uma forma de te ter aqui comigo.
E a sensação de que não vou mais te ter,
Insiste em me perseguir... E é insuportável.
Viver a te imaginar aqui comigo...
E nesses momentos tentar te se sentir...
Já não mais me satisfaz.
Não agüento mais, mentir pra mim mesma.
A realidade é fria, e solitária.
E mais uma vez estou quebrando milhares de promessas,
E mais uma vez, estou falando de nós dois,
Falando de você,
Falando de minha dor.
Hoje já não choro como antes,
Já não te espero como antes,
Hoje consumo a minha saudade.
Convivo com minhas lembranças.
E espero que o tempo leve a minha dor.
Aryana
Enviado por Aryana em 30/06/2006
Reeditado em 09/11/2006
Código do texto: T184956
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aryana
Salvador - Bahia - Brasil, 32 anos
30 textos (53268 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:39)