Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não há saudades que lhe caiba.

Não há saudades que lhe caiba...
Não há palavras,
frases que á descreva,
Alegria que á suplante.
Não há saudades que lhe caiba...
És como o silencio,
Dentro do qual nada vemos,
Mesmo sabendo,
Que você esta lá.
Não há saudades que lhe caiba...
És como o tempo,
Onde,perdemos o ontem,
Buscando no hoje,
As glórias do amanhâ.
Não há saudades que lhe caiba...
És como as ondas,
Energia constante,
Vai e vem incessante,
Enfrentando rochas e areias.
Não há saudades que lhe caiba...
És como o sol,
Da planta a clorofila,
Na semente o que germina,
Dos campos ès quem semeia.
Não há saudades que lhe caiba...
És como a aranha,
Eu tua teia.

                Leilson Leão

Leilson Leão
Enviado por Leilson Leão em 24/07/2006
Código do texto: T201148
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leilson Leão
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 50 anos
950 textos (69251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:28)
Leilson Leão