Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças

Esta noite, entre meu sonhos
Vi-te, verdade,
Beijei-te, saudade
à realidade antiga
Soava nas lágrimas,
Na cantiga...
 
Soante entre os lábios teus,
Dormira, então, teus seios
criadores de minh'alma, voluntária
Voz ante maldita e dolorosa,
cruzas espinhos, rosas: o suor...

Ente meu sopro de vida,
Ente a mão do capitão-mor
Quisera ter vivido,
Quisera não ter banido
Quisera não ter, e a ti feito..
 
Agora, soa a teclas da máquina,
daquelas, onde tiraste as mui belas melodias
repousam entre as muitas vias
dos andantes, dos palcos cantantes...

No sonho,
sonho?
Resta-me apenas dormir...
e durmo...
Edegar
Enviado por Edegar em 07/09/2006
Reeditado em 08/09/2006
Código do texto: T235182
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edegar
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
10 textos (209 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:15)
Edegar