Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

Ah Saudade sem graça!
Saudade indesejada
Saudade aviltante
E mal parada.
Saudade que eu não queria
Que eu não pedi...
Que eu não sabia.
Mas, calma! Não vá! Não se aborreça
Os lamentos que vivo a proferir
Não são desamor por ti.
Saudade que a ironia
Fez amiga e companhia
Não dê as costas
Que sem ti
Eu já nem sei se viveria.
Sônia C Prazeres
Enviado por Sônia C Prazeres em 04/10/2006
Reeditado em 14/02/2007
Código do texto: T255847

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sônia C. Prazeres www.soniaprazeres.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sônia C Prazeres
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
178 textos (8563 leituras)
15 áudios (1757 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:17)
Sônia C Prazeres