Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades, simplesmente saudades...

Mais uma noite de outubro se passando
o vento batendo em meu rosto em forma de saudades
saudades de ventos passados, momentos que se foram
daquela pura e maravilhosa infância..

Mas os tempos mudaram, e os ventos estão mais frios..
Passou-se a época da inocência, dos sonhos fáceis
Dos amores e das juras eternas
dos sorrisos mais puros e sinceros, o de uma criança.

As peladas jogadas na rua
os descobrimentos fascinantes de um olhar curioso
as gargalhadas entre amigos dentre as brincadeiras
os melhores momentos, as recordações inesquecíveis

Vemos hoje a infância com tecnologia
jogos modernos, brinquedos surpreendentes
nada mais como antigamente, quando uma simples bola
fazia a diversão de todos durante uma temporada inteira..

Saudades.. simplesmente saudades..
de sentar no cordão da calçada
contar nossos segredos ao melhor amigo
e abraçá-lo como se quiséssemos dizer 'Obrigado amigo'.

E quando menos esperamos, o tempo já passou
e com ele foi-se tudo isso, sobrando apenas lembranças..
lembranças das brincadeiras, do incansável fôlego
da insaciável vontade de querer mais e mais

Mas ao olhar para fora da janela eu perçebo
perçebo que sobrou apenas uma coisa de tudo isso
e que me faz tão feliz quanto naqueles tempos
De que tudo que vivi quando criança, valeu, e valeu muito a pena!

Se hoje posso me considerar uma pessoa, um homem feliz
é porque sei que seja o que for que aconteça
estes mesmos amigos ainda estarão do meu lado
Assim como antigamente, mas sem bola, e machucados.


Homenagem aos meus eternos amigos e amigas: Paulo, Vinícius, Leandro, Emanuel, João Pedro, Bruno, Fernando, Júlio, Jesley, Marcelo, Gabriela e Renata. Obrigado pela infância maravilhosa que tivemos a oportunidade de compartilhar juntos.
GuilhermeM
Enviado por GuilhermeM em 13/10/2006
Código do texto: T263106

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor [Guilherme Mânica] e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GuilhermeM
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - Brasil, 29 anos
23 textos (2138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:19)
GuilhermeM