Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A moça



                    a moça

Olhar  determinado,
Sorriso  confiante
Tão linda e  fascinante...
Porem é uma moça muito  seria .
Certo que ainda não tinha falado com ela,
Mas já  há conhecia pelo seu  jeito de se expressar determinadamente .
Com teus lindos cabelos,ou melhor dizendo  pétalas de rosa a o vento.
-parei diante d’quela linda moça e disse-lhe;
És  mais  linda que as belas das  flores,o nécta prefiro  dos beija-flores...
O veneno  preferido  dos homens.
E sorrindo friamente ela  me respondeu,
Obrigada!
-aquilo foi um passaporte,e bastou para que essa tolo  poeta se apaixonasse.
Perguntei seu nome,ela  não  me respondeu como toda mulher  misteriosa!
E novamente eu  há interroguei-a
És surda ? o  linda mulher ?...
Não  vê  que estou falando  com  você  .
Simplesmente ela me respondeu;
-claro que não.
por que não  respondeste as minhas pergunta?...
ficaste calada a todo momento?
Tão  simples como teu sorriso  ela me respondeu;
As mais belas palavras são  ditas no silencio de um olhar.
Tais palavras me acertaram  como uma flecha de um cupido,
Perfurando  meu coração...
Fortalecendo ainda mais a minha paixão,daí então  fiquei  mudo,cego e surdo só me restaram  os movimentos...que me foram o suficiente pra chegar ate ela ,e...beija-la,como nunca tinha  alguém ,o momento me foi tão  precioso  que , s segundos me parecia mas uma eternidade.eternidade essa que pedia para deus que nunca acabasse.

Sergiano de Almeida
Enviado por Sergiano de Almeida em 31/10/2006
Código do texto: T278625
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sergiano de Almeida
Salvador - Bahia - Brasil, 30 anos
27 textos (2291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:18)
Sergiano de Almeida