Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RUA MANGARATIBA



RUA MANGARATIBA

Saudades da minha infância feliz na Rua Mangaratiba
Da roseira chorona cultivada com carinho por papai
Cobrindo o muro da nossa casa de rosas cor de rosa!
Destacando-a pela beleza do seu jardim das demais!

As tardes fagueiras eram repletas de brincadeiras,
Passa-anel, pega-pega, bola, roda e cabra-cega,
Esconde-esconde jogo de bola, jogo de amarelinho,
Conversa séria ou descontraída entre os vizinhos.

Não havia medo, ninguém tinha receio de ladrão,
As portas ficavam abertas, cadeiras nos terraços,
Enquanto as mulheres trocavam suas receitas
Os homens falavam de futebol e de política.

A vida era simples sem atropelos e sem tiroteios
Nós, crianças, tínhamos medo de três bandidos:
- Meneguete, Diabo Louro e do Sete Dedos,
Pequenos meliantes diante dos bandidos de hoje.

Que saudades do Sr. Romeu e de D. Aparecida
Casal sem filhos de nossa rua, nos adotou a todos.
Saudades dos maravilhosos Natais e Revellions
Todos da rua se reuniam e se abraçavam

Essas duas noites eram mágicas! Divinas!
As luzes de todas as casas ficavam acesas
E todas as portas e janelas ficavam abertas
Para mim tudo se resumia em noites felizes.

Todos, homens, mulheres e crianças.
Abraçavam-se e alegres comemoravam
O Natal, o Ano Novo com muita esperança.
Com muita fé em dias mais felizes!

Hoje, sem graça e cabisbaixa constato:
- Os dias mais felizes foram aqueles
Dias de paz! Dias e de muito Amor!
Dias que não voltam mais...

Ana A. Ottoni
DF/06.05.2005

 




 


 

Ana Aparecida Ottoni
Enviado por Ana Aparecida Ottoni em 05/11/2006
Código do texto: T282414
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Aparecida Ottoni
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 65 anos
63 textos (7325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:17)
Ana Aparecida Ottoni