Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recortes Duma Relação

Tantos anos já se vão desde tua feliz chegada,
Tantas telas pintadas em sonho esfumaçado,
Que me povoa a mente em lampejos na madrugada,
Tornando cada encontro um ato inacabado...
Se me afasto, te afastas, se te busco, te entregas.
Não espero pelo amanhã, ele estará sempre por vir.
Por que esperar? Bom é lançar-se ao vento, às cegas;
Não pensar que fazer, aonde, como ir; apenas ir.
Em nossos momentos esporádicos, intensas explosões...
Os dias e as noites se fundem em constante deleite.
Se faltam promessas, planos, sobram ofego e arranhões.
Ora me indago por que te escrever estas sentimentalidades,
E concluo encaixar-me nesse perfil fugaz que faz atrair-te...
Antes me fosse fugaz apenas a angústia das saudades!
Éder de Araújo
Enviado por Éder de Araújo em 18/11/2006
Reeditado em 08/07/2008
Código do texto: T295122

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Éder de Araújo
Santo André - São Paulo - Brasil, 47 anos
158 textos (18908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:19)
Éder de Araújo