Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças (II)


Parei na linha do trem tempo
E quando menos esperava
Ele passou veloz demais
E a quem eu devo perguntar
Qual a vantagem de ser humano
Ter um Deus e ser mortal
E no mar da saudade
A demora é uma âncora
E a distância só faz aumentar
A vontade de voar (A vontade de voar)
E eu que prometi
Não entregar meu coração
Durante toda vida
Eu te esperei
Carrego no bolso
A flor da idade
E o seu perfume
É o melhor que já cheirei.
Cláudio Oiticica
Enviado por Cláudio Oiticica em 19/11/2006
Código do texto: T295601
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cláudio Oiticica
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
17 textos (434 leituras)
5 áudios (951 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:31)
Cláudio Oiticica