Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHO NAS PROFUNDEZAS DO OCEANO


Oceano, imenso, lindo, desconhecido, receba em suas profundezas minhas mágoas, meus          sofrimentos, e devolva-me, por favor, a felicidade, a paz o meu amor que suas águas o levaram! Oceano, cruel, traiçoeiro, porque tamanho desamor leva tudo que tenho mais devolva meu amor!Nunca tive um sono tranqüilo, Oceano, desde aquele dia que você levou o meu pescador, tenha dó de mim, e devolva o meu amor!



Desculpa-me pela minha insensatez, pelo meu desespero, mais venha visitar minha casa e conhecer os seus herdeiros, oh! Oceano tu levaste não apenas o meu amor, mais também o vovô! Netos acordam cedo, para te enfrentar e conquistar o seu clamor, já que levou meu amor, dar-nos, por favor, o nosso alimento que nos livra do ardor!


Oceano lugar de vivacidade de diversidade. Encho-lhe de morte com minhas lágrimas de tristezas, as quais poluem suas águas! Escusa-me mais você está colhendo as mágoas que tu plantaste no meu coração, quando levou aquele que conquistou o meu amor!



Oceano sou uma mulher velha, uma mulher sofrida, uma mulher vivida, uma mulher apaixonada, por aquele que você levou! Não te peço mais pelo retorno do meu amor! Isso não é possível, más, todos os dias fico esperando que me leve ao encontro dele!
Por favor, não demore, pois, a idade já chegou e tenho medo de não agradar mais o meu grande amor!



OH! mulher porque me responsabiliza tanto pelo seu sofrimento? Não entendes que seu amor se encontra nas profundezas do oceano, onde não existe dor? E que ele está preparando o vosso retiro de amor?
Calma mulher sofrida, tu terás a recompensa, não tirei o seu amor, em cada gota de água minha, ele está presente, e quando tu choras, não é a mim que tu poluis e sim o vosso grande amor!Por isso viva, pois nas profundezas do oceano não existe morte, não existe lugar para os mortos e sim vida, uma vida onde todos encontram o seu grande amor!



Perdão sábio Oceano, tenha misericórdia dessa pobre e ignorante velha, mais amanhã te encherei de rosas vermelhas, e você meu grande amor me perdoa, pois, amanhã recolherei todas as lágrimas que chorei e trocarei por sorrisos, sorrisos os quais chegarão até as profundezas do oceano! E o ocuparão o teu coração, coração o qual clama por essa velha louca, cega, doida, maluca, impaciente, desesperada, apaixonada por você!
Junior Cambuí
Enviado por Junior Cambuí em 29/11/2006
Código do texto: T304540

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Junior Cambuí). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Cambuí
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 36 anos
46 textos (5987 leituras)
1 e-livros (1174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:30)
Junior Cambuí