Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APRENDIZADO AO LONGO DA VIDA

APRENDIZADO AO LONGO DA VIDA
Mercêdes Pordeus
Recife/PE

Ah! Das rosas e cravos que perdi na vida...
Seus perfumes permaneceram em mim
Permaneceram, para lembrar entristecida
Dos que foram, e a essência não tem fim
Pois, foram eles quem amei,mas partiram
Deixando o tempo, a dor da partida fluir.

Ah! Das lágrimas que derramei na vida...
Essas, cristalizaram-se em minha face
As dores, fazem lembrar os desenlaces
Que o tempo minimizou, mas não apagou
Tornaram-se cristais  que o tempo renovou
Que cintilam a cada nascer de um novo dia.

Ah! Das experiências que adquiri na vida...
Muita coisa aprendi,aprendizagem dolorida!
Quis parar no meio da estrada, sem guarida
Mas a vida não pára, e isso também aprendi
Tive que continuar vivendo, é... pois percebi
O mundo muda e a vida tem que ser vivida.

Assim, aprendi a conviver com minhas dores
Aceitar as ausências físicas como belas flores
Que, a cada dia desabrocharam e murcharam
Mas, nem por isso de mim, elas se apagaram
Lembranças compartilhadas por seus amores.
Ah! Suas presenças em mim se eternizaram.

Em 29.05.2005
Mercedes Pordeus
Enviado por Mercedes Pordeus em 15/07/2005
Código do texto: T34686
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mercedes Pordeus
Recife - Pernambuco - Brasil, 61 anos
66 textos (5834 leituras)
5 áudios (198 audições)
9 e-livros (699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 02:59)
Mercedes Pordeus