Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Envelope que guarda um amor...

Toda carta que vai embora
Deixa alguém aflito
Preocupado com o tempo
Perseguido sem motivo
Pelo sentido literal do que escreveu
Imaginando que as palavras envelhecem
Enquanto não chegam aos olhos do destinatário

Talvez o mundo deu muitas voltas
Com certeza ele deu,
Mas talvez nesse tempo ela me esqueceu
E as minhas palavras de amor serão versos perdidos
Sem lar, vencidas pelas horas de incerteza
No peito da amada, à espera de alguma notícia
Ou de algum registro escrito do meu amor
Que supera a palavra...

Talvez minhas palavras sejam jogadas ao vento
E a resposta nunca venha pelo correio
E o meu coração mergulhe na estrenheza de ver perdida
A esperança lançada em algumas linhas
De que o meu amor sorria para mim
Em uma carta...
Mar de Oliveira Campos
Enviado por Mar de Oliveira Campos em 09/10/2005
Código do texto: T58204
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mar de Oliveira Campos
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (5348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:54)
Mar de Oliveira Campos