Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deslumbro...

Amargo, desce sua sublime quentura,
Mate que leva ao insinuante êxtase,
Pensamentos se afogam no inesperado,
Sobem a respirar por um instante abençoado...

Ar que me falta, na tragada da vida,
Na falta do seu respeitoso ar amável
Arrancastes todo o aroma requintado,
Da alma que me entrelaço...

Mate ao fim chegastes,
Com seu paladar apurado
Sua companhia incomparável,
Esplendor de seu verde úmido...

Irradias sobre mim linda lua,
Seus vigorosos raios de amor
Me protegendo de toda a dor
Do sofrimento que rodeia...

Seu sorriso estampado nas estrelas,
Desenhado com lápis de pura felicidade,
Aquarela magnífica, versos abrasivos,
Requintada arte em vida...
baccarin
Enviado por baccarin em 04/09/2007
Código do texto: T638895

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
baccarin
Araraquara - São Paulo - Brasil, 35 anos
1110 textos (31124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:16)
baccarin