Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Matei a Saudade


Hoje matei a saudade
Pude por os ouvidos
Para ouvir minha alma
Debruçada no tempo
Espiando sem medo.

Abracei com essas mãos ...
Com minhas mãos tortas;
Falei teu nome no vento
Catei nesse momento...
O som das flores livres...

Balbuciei no silêncio,
Senhora do abraço,
Estendendo o braço,
Armando meu laço,
Esquecendo o cansaço.

Hoje matei a saudade !....
Saudade do meu tempo!...

MVA
Enviado por MVA em 10/09/2007
Código do texto: T645766
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o meu nome e meu site: www.marlenevieiraaragao.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MVA
São Paulo - São Paulo - Brasil
1956 textos (195312 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 05:24)

Site do Escritor