Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que Dor é Essa

Como dizer o que tem o dia de hoje
Se ontem foi bem melhor.
Como falar de dor se as dores aumenta a cada dia
Mais que dor é essa que procuro a cura e não encontro
Como é possível? Às vezes até respirar me deixa com dor
Cadê você? Onde te encontrar antes que seja tarde.

Procuro sentir saudades mais não encontro de que.
Será porque é tão difícil saber viver assim.
Porque tanta dor? Talvez por não saber Amar?
Mais cadê o grande Amor da Vida
Mais que vida? A minha a sua a nossa.
Pois busco resposta para tudo isso inclusive

De uma dor perdida e sem sentido de sentir
É uma dor vazia, se perdi algo que me deixa com dor.
Não sei o que só sei que te procuro nesta dor e você foge como sempre
Mais na minha busca eu tentei voar alto.
Neste vôo eu encontrei uma luz, e tentei tocá-la mais foi em vão.
Eu precisava primeiro te encontrar

Se você puder me ajudar me avise
Que talvez no infinito em que vivo eu te encontre.
Embora solto(a) eu te encontro daí a minha dor desaparece.
Será? Preciso de você para saber.
Guia-me leva junto contigo em teu vôo perfeito.
Eu preciso te seguir.

Eu preciso de você.
Deixa-me te seguir, por favor.
Quando tudo isso acontecer a minha dor se vai.
Solta ao vento, pois ela vem de um lugar desconhecido.
Ela vem da alma que tenho.
Ela me incomoda, pois é por você que sofro.

E você nem sabe que ela existe.
Que bom que te encontrei e estou bem
Vamos compartilhar com todos que tudo não passou de um sonho.
O meu sonho o teu sonho de uma SAUDADE deixada pelo o tempo
Em algum lugar de nossas vidas tão vividas.
Saudade não lembrada antes e agora reconhecida quando te encontro

Silvenoi
Enviado por Silvenoi em 10/09/2007
Código do texto: T646940

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvenoi
Caxias - Maranhão - Brasil, 61 anos
66 textos (2506 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 13:09)
Silvenoi