Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe.

Lembro-me de você todos os dias,
ao ver canteiros de azaléias,
ao ver o pôr do sol,
ao sentir o perfume primaveril dos seus 57 anos.

Lembro-me de como foi fria aquela noite em que nos despedimos
e o quanto foi doloroso olhar pra você ali inerte,
fria e incomunicável.

Milhares de perguntas eu tinha em minha mente,
milhares de lembranças eu tinha em minha mente.
De nada adiantaria minha mãe,
pois eu não poderia mais dizer-lhe,
perguntar-lhe.

Fomos afastadas muito antes da sua passagem,
o tempo nos colocou em caminhos opostos,
as circunstâncias nos colocou em caminhos opostos.

Nos amamos a distância,
fielmente,
sem cobranças,
sem brigas,
sem desentendimentos,
sempre com respeito.

Como é lindo o amor entre mãe e filho,
com certeza o mais puro,
o menos exigente,
o mais tolerante
e também o mais inocente...

Mari Martins
Enviado por Mari Martins em 13/09/2007
Código do texto: T650723

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mari Martins
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
11 textos (360 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 18:12)
Mari Martins