Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE DECOMPOSTA
Juliana Valis



Saudade decomposta em fotográficos resquícios,

Humana tempestade entre síncopes de dor,

Não sei onde encontrei os sonhos, entre indícios

Dos versos que escrevi na esperança do amor...




E, assim, sempre o tempo flui pela saudade

Como trama que te invade em cada ápice de nós,

Nessa estrada que transcende todo véu da humanidade,

Olhando o céu além do nada, além dos versos sempre sós !



Quando tudo, pois, ecoa os vestígios de quem somos,

Lá no fundo, canta a alma, nos acordes que se vão,

Além do mundo e das planícies, em versos do que fomos,

Assim, dispersos, no profundo labirinto  em coração.
Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 15/09/2007
Reeditado em 15/09/2007
Código do texto: T653516

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883836 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:02)
Juliana Silva Valis