Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Nos pingos da chuva
 
Noite escura, chuva fina lá fora.
Bate o coração num descompasso
sem ritmo, sem trégua,
ansiando um abraço.
 
Pegadas de ti, doce amor
chegam nos pingos da chuva,
trasbordando minha alma,
num sôfrego querer urgente.
 
São sons e suaves perfumes
a queimar minha derme,
chegando das milhas e milhas
que separa meu coração e o teu.
 
Vêm numa profusão alucinante,
bailando por mim,
fazendo borbulhas,
como água serena,
a correr no regato.
 
Embalando-me numa canção
de ninar, rítmica, suave e mágica,
afagando meu sentidos.
 
Entrego-me a este compasso,
transformo-me em cachoeira,
num momento de saudade.
Edith Lobato
Enviado por Edith Lobato em 15/09/2007
Reeditado em 23/06/2015
Código do texto: T653661
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edith Lobato). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edith Lobato
Itaituba - Pará - Brasil
192 textos (65160 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 20:45)
Edith Lobato