Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE

                           
Saudade esta vontade louca de querer sofrer,
Saudade esta angústia tola que só faz morrer...
Saudade este abstratismo flúido que só leva ao nada,
Saudade este masoquismo agudo como uma espada,
Saudade este lamentável augúrio dos que se separam,
Saudade que aos corações amantes dilacera,
Saudade este período inerte que corrói a alma,
Saudade esta doença adquirida que só tira a calma,
Saudade esta hipocrisia clara que tantos ostentam,
Saudade esta coisa fúnebre que outros lamentam.
Saudade este choro infantil que é verdadeira...
Saudade do colo quentinho ou da mamadeira.
Saudade este alimentar mórbido do que passou,
Saudade esta palavra fria que sempre ficou.
Saudade, ao fim e ao cabo, esta dor pungente,
Saudade este esteio forte a sustentar a velhice,
Saudade dos bons tempos e das canalhices...
Saudade? Só tu que és tão bela flor,
Saudade perfume, saudade sem dor.
Djalma Santana
Enviado por Djalma Santana em 19/09/2007
Código do texto: T659117

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Santana
Ilhéus - Bahia - Brasil, 64 anos
6 textos (374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 13:53)
Djalma Santana