Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amnésias da Cidade

Nada de nós dois existe
Gravado nas lembranças da praia,
Onde nossos pés seguiram numa única direção,
Juntos, lado a lado,
Deixando registrado por um breve momento
Os passos que o tempo levou.

- os mesmos que a onda quando veio
engoliu e apagou -

Nada de nós dois existe
Que relembre a tua passagem por aqui.
Não há ruas com teu nome em Recife,
Nem os prédios que nos viram
Têm vozes suficientes
Para contar a todos os beijos dados em ti.

- essas memórias de concreto,
por conter tudo, são dementes -

Nada de nós dois existe
Marcado por entre as amnésias da cidade.

Mas tudo em nós ainda persiste,
Do mesmo jeito, nas memórias da nossa saudade!
André Espínola
Enviado por André Espínola em 08/10/2007
Código do texto: T685746

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Espínola
Recife - Pernambuco - Brasil, 32 anos
247 textos (12437 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 13:01)
André Espínola