Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema da saudade

             Ouço do meu leito o vento zunir no telhado
             Os trovões reboando aos meus ouvidos,
             Os relâmpagos que iluminam o céu nublado
             Em ritmo alucinante como o som de zumbido.
É a sinfonia da natureza que me faz recordar
A lembrança dos seus beijos distanciados
             Longe dos meus lábios a me amargurar
Despertando os sentimentos de um amor sem-fim.
             Ah! Como seria bom se eu a tivesse ao meu lado
             Aqui, bem juntinho de mim,
             Só nós dois e o mundo a rolar.
Trocaríamos confidências do nosso amor embriagado
             Abraçados carinhosamente para extravasar
             As saudades acumuladas no coração.
             Os sussurros ao pé do ouvido me faz lembrar
             Quão meigo e belo era o seu sorriso
             Ao me ouvir atentamente com emoção.
             Mas um dia não muito distante
             Tudo voltará como era antes; com certeza!
             Viveremos novamente todos aqueles momentos
             De Amor, alegria, felicidade, beleza,
             E paixão.
         




       
         
Luiz Pádua
Enviado por Luiz Pádua em 20/10/2007
Reeditado em 20/10/2007
Código do texto: T702639
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Pádua
Sorocaba - São Paulo - Brasil
762 textos (35834 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:41)
Luiz Pádua