Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

SAUDADE

Saudade, doce saudade...
Só sente saudade quem sabe amar!

Nos consome uma saudade quente de quem
Mexe com a gente e nos faz chorar.

Saudade, suave saudade...
Só sente saudade quem sabe se dar!

Eu sinto saudade, eterna saudade,
De quem partiu pra nunca mais voltar.

E mais saudade  tenho quando penso em
Coisas futuras que fatidicamente não iremos
Compartilhar.

Saudade, muita saudade...
Há quem não sinta, e a essas pessoas o meu pesar.

Saudade do ontem é matéria fácil de entender,
Mas, saudade do que se sabe impossível de existir, é
Algo insensato,
Deveras  romantizado, como obra de Shakespeare.

Saudadedor  faz chorar baixinho,
Transforma o forte em fragilzinho,
Machuca de mansinho só pra não tirar
De nós o ímpeto de sonhar.

A saudade brilha em mim como mil
Estrelas-Dalva e, quando uma delas se apaga
É  porque careço do escuro para ver melhor o
Mundo; muita luz pode ofuscar!

Saudade, autêntica saudade...
Um sentimento ímpar que a Filosofia,
A Epistemologia tentam explicar.
Saudade é palavra espelho da alma.
É  palavra inventada para quando, com os olhos
Rasos d`água, ser vivida, ser rimada, convertida
Em Poesia para nos acalentar




Analúcia Azevedo
Enviado por Analúcia Azevedo em 26/10/2007
Reeditado em 02/11/2007
Código do texto: T710284
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Analúcia Azevedo
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
127 textos (12369 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 05:45)
Analúcia Azevedo