Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA ANTIGO!!

Como seria bom se hoje em dia
houvesse, como antes, a seresta...
eu, seresteiro, te diria
em uma canção com letra modesta
o tamanho do meu amor...
e tu, emocionada e feliz,
correrias à janela e me jogarias uma flor
uma rosa, um cravo, ou flor de lis
selando com carinho nosso amor!
Mas já não existe a seresta
e meu velho violão, silencioso,
em um canto da sala jogado,
assiste sòzinho e calado...
o avanço do que chamam progresso!!
Hoje, tudo se traduz em balada,
e a lua, companheira de serenata,
fica esquecida, coitada,
pois não pode haver retrocesso!!
Namorados já não apreciam
a beleza de uma noite de luar
namoram em carros de luxo,
sem entender a poesia
que existe numa canção de amor...
e tu, aliada ao processo...
não entende este velho poeta
que não quer saber de progresso,
e só pensa em te amar!!!









JORGE GAUCHO
Enviado por JORGE GAUCHO em 09/11/2007
Código do texto: T730669

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JORGE GAUCHO
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
858 textos (30690 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 04:09)
JORGE GAUCHO