Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUA IMAGEM

Em passos lentos e sem compasso
Tentei fugir ao abstrato
Mas no real em que lhe transmutei
O teu olhar foi-me um laço
Tuas palavras foi-me o tato
Mas no real de você quase não sei
Fico assim imaginado o teu perfume
O claro de tua luz
O calor de teu lume
Numa noite onde o absinto é companheiro
Do trem da saudade sou passageiro
E já nem sei quantas paisagens mirei
Sob o julgo do desejo que já não controlo
Chego a ver-me deitado em teu colo
Ouvindo todas as histórias que tens a contar
Às vezes vejo-a no meu
Eu acariciando teus cabelos
E para ti cantando cantigas de ninar
Em passos lentos e sem compasso
Tentei fugir ao abstrato
Mas descobri que em mim és mais que real
E que o teu ser já em mim régua e compasso
Só aumenta a ânsia pelo contato
E esse é meu ideal

    Leilson Leão
Leilson Leão
Enviado por Leilson Leão em 02/12/2007
Código do texto: T761989
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leilson Leão
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 51 anos
950 textos (70138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:48)
Leilson Leão