Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UBATUBA

Sempre que fecho os olhos, ou mesmo com eles abertos
tenho passado muito tempo a sonhar.
Imagens tão nítidas, tão reais.
Parece  me tranportar.
Da terra para aquele mar.
Sinto o sol, o vento, a brisa leve.
O cheiro da relva, de maresia, vejo o céu azul.
como fotografias em um instante
posso estar na ilha,
entre montes, posso velejar,
pisar a areia e olhar o mar...
Nunca pensei que seria aprisionada
por um lugar real,mas que parece sonho.
Como quero e espero poder voltar.
Acho que ultimamente, minha vida se resume nesse desejo
de retornar ali, abandonando a prisão
que é a cidade.
Desejaria ser pássaro,
voar.
Na verdade gostaria apenas de ser eu mesma
a contemplar  a beleza que cada instante
me proporcionou.
A ilha, os barcos, a praia, a mata,
o céu, o sol, as conchas,
a noite, as montanhas,o luar.
Ser eu  mesma e desse sonho
Nunca acordar.
Célia F
Enviado por Célia F em 14/12/2005
Código do texto: T85626
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia F
Diadema - São Paulo - Brasil, 57 anos
130 textos (4684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:15)
Célia F