Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPO

O Tempo passa...
Pessoas vão e vêm num frenesi Insuportável
Que leva consigo lembranças e lágrimas
Vidas e glórias
Amores e decepções.

O Tempo urge...
Cada dia uma batalha
Pelo pão nosso
Que quase todos os dias
Não está garantido

O Tempo NÃO cura...
Feridas, marcas, horrores,
Lembranças dos miseráveis
Que acreditam na Ilusão do
Amanhã.

O Tempo MATA, Senhores!
Doentes, solitários,
Pacifistas e amantes
Sob luzes cinzas e com amargos
Beijos de despedida...
Gustavo Marinho
Enviado por Gustavo Marinho em 28/01/2006
Reeditado em 29/01/2006
Código do texto: T105361
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Marinho
Maceió - Alagoas - Brasil, 40 anos
82 textos (9807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:30)
Gustavo Marinho