Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENCONTROS

Sigo agora minha estrada,
Sem muitos encantos...
Olhando, vejo nos cantos só desilusão...
Sigo agora,  minha estrada...
Sei que o fim de tudo, é sempre a morte...
Talvez com um pouco sorte, de dignidade,
(Sempre sem qualquer honraria-
Por mais que se tenha feito),
Nada mais tem graça...
Nada mais vale a pena...
Eu sei que se diria: “ele não venceu!”
Mas tenho a certeza,
Valeu a pena ter vivido...
Valeu a pena ter te conhecido...
E  ter por ti, o maior dos sentimentos
Valeu a pena ter-te amado...
Sem muitos encantos,
Sigo agora minha estrada...
Sigo,  sem contudo,
Esperar cois'alguma...
Sem contar com nada...
Sigo até a minha morte..
Com sorte, o fim de tudo...
Eder Mag
Enviado por Eder Mag em 24/02/2006
Código do texto: T115594
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eder Mag
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 52 anos
41 textos (1199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:16)
Eder Mag