Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A flor da pele.

A flor da minha pele está secando
necessitando de carinho, do suor da sua
pele na minha para que ela reaja a essa carência.
A flor da minha pele já não mais desabrocha a
cada manhã linda e perfumada, está opaca,
já não mais dança ao sabor do vento, está
condenada a murchar e secar como as folhas
de outono que enchem as avenidas, recebendo elogios
de como embelezam, mas ninguém sabe como elas
preferiam está verdes, recebendo o vento fresco e o carinho
dos raios da manhã.
Assim sou eu na tentativa desesperada de me manter viva
mais sinto-me secar cada dia mais, cada minuto sem você
é uma gota de esperança que seca dentro de mim.
Janaina Gama
Enviado por Janaina Gama em 02/03/2006
Reeditado em 25/11/2009
Código do texto: T117686

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Janaina Gama
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 39 anos
140 textos (6197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:50)
Janaina Gama