Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA ALMA É TRISTE

MINHA ALMA É TRISTE
SANGRA E CHORA
POR MIM NÃO CANTAM
AS AVES DA AURORA
AS ESTRELAS CAEM
NO VAZIO DO MEU OLHAR
POR MIM NÃO MURMURAM
AS ONDAS DO MAR
MINHA NOITE É FRIA
E MEU DIA CINZENTO
MEUS SONHOS PARTIRAM
NAS ASAS DO VENTO
MEU PEITO CARREGA
ESSA DOR PULSANTE
QUE SUFOCA MINHA FÉ
E ME MATA A CADA INSTANTE
MEUS PASSOS VACILAM
E NO ASFALTO, SANGRAM
MEUS PÉS CARCOMIDOS
DESCALÇOS, DESANDAM
MEUS OLHOS VAGUEIAM
NO ETERNO BREU
EM BUSCA DE UM OLHAR
QUE JÁ SE PERDEU
NA NOITE DOS TEMPOS
A INOCÊNCIA PERDIDA
MINHA ALMA É TRISTE
E ERRA, FERIDA
fabiano muniz
Enviado por fabiano muniz em 12/03/2006
Reeditado em 12/03/2006
Código do texto: T122198
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fabiano muniz
Santos - São Paulo - Brasil, 41 anos
44 textos (7451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:51)
fabiano muniz