Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Roubo

Depositei minhas riquezas
Tudo o que cativei durante o tempo
Confiei nesse banco
Que me dizia ser o mais seguro
Que jamais aconteceria algo de errado
Quando por fim tirei tudo de meu alforje
Restando apenas um velho livro
Que me servia de travesseiro
Fiquei feliz por ter encontrado o meu porto seguros
Alguém de minha extrema confiança
Até o dia em que estava em casa
E ouvi o seguinte noticiário no TV:
"O banco Porto Seguros foi assaltado,
e tudo o que continha nele fio levado!"
Na hora meu coração desparou
Senti um aperto
Uma falta de ar
E hesitei:
"Minha vida acabou, levaram tudo!"
Durante um bom tempo
Tentei recuperar toda a minha riqueza, mas...
Não tinha volta,
Todo esforço seria inútil
De nada adiantaria me sacrificar
Então, à partir dai...
nunca mais confiei em bancos
Eles sempre roubam-lhe o que se tem de mais precioso
E o que me levaram não tem preço!!!
"A minha vida, minha libertade"
Babinha
Enviado por Babinha em 29/03/2006
Código do texto: T130626
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Babinha
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
41 textos (2560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:47)
Babinha