Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Amargurada estou

Fui vilipendiada
Fui atingida
Fui esquecida
Fui ignorada...

Chorei,chorei,chorei
Mas meu pranto não limpou...
Meu pranto não depurou..
Toda a sorte de malidicências
Para quem acha que amor são apenas coincidências

Meu coração está de luto
Me sinto "a outra"
Aquela que rouba vulto
e dos lares é contra...

Meu erro?me apaixonei
Ambos estávamos só
Agora reclamam,me desesperei
Juntos não damos dó
Mas a inveja tem sempre dono
E me despacha para o abandono

Já não sei o que faço
Tenho a alma em pedaços
Amargurada estou
Com essa história que começou...

Inferno astral
Não suporto, sou fatal
Andar sem rumo, é fácil...
Estou infeliz,indócil...

Malubarni
Enviado por Malubarni em 02/04/2006
Código do texto: T132600

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (118419 leituras)
2 áudios (277 audições)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:51)
Malubarni