Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...restos

Ensaio para não perder o rumo,
seguro as palavras do bom senso;
flutuo em ilusões,
finco o poema;
a realidade arrasta-me
para a loucura e insegurança,
grito forte,
ecoa só dentro de mim...
Socorro!
Socorro!
Ouvidos não ouvirão
Mãos não ajudarão
Olhares longínquos não estarão,
Sinto-me morta
não há razão
nem organização nos dedos;
Surto a palavra na beirada do precipício.
tudo está errado,
mas já não me amarro,
estou a beira de um colapso
traço,
trago,
nos versos:
a solidão,
a aflição,
o desamor,
a complexidade,
a incapacidade
de ser tudo;
sei que nada sou,
e nem mais aqui estou.
Pupila
Enviado por Pupila em 02/04/2006
Reeditado em 02/04/2006
Código do texto: T132699
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
657 textos (21088 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:52)
Pupila