Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu não sei se podia, só sei que queria
Não soube tornar verdade, só sei que sonhei
Não sabia o que era certo, mas sei que errei
Não aprendi um caminho, só acreditei
Não sabia o que era um espinho, me espetei
Não descobri que amava, só que sofria
Ainda não sei o que é o mundo, só sei que ele me assusta
Não deixo de ser criança, só finjo que sei ser alguém
Não tenho medo do escuro, só fecho os olhos
Se o mundo me é tão confuso, só estou aqui só

Fogo Selvagem
Enviado por Fogo Selvagem em 26/04/2006
Código do texto: T145731
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fogo Selvagem
Campinas - São Paulo - Brasil
291 textos (8651 leituras)
2 áudios (150 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/17 12:45)
Fogo Selvagem