Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU GRITO


Eu grito...
Para que a dor em meu peito
Se exploda em prantos
E se espalhe em delírio

Eu grito...
Para que todos saibam
Que estou vivo
E não um cadáver
Que tem mais osso que carne

Eu grito...
Para que minha amargura
Se torne mais doce
E não se torne loucura.

Eu grito...
Para que todos escutem
A voz do meu canto sofrido
E o eco – do meu peito invadido

Eu grito...
Para deixar de sofrer
E aliviar o sofrimento
De uma vida em movimento
Cujo silêncio
É o pior dos tormentos.
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Enviado por Pedro Ernesto Prosa e Verso em 28/04/2006
Código do texto: T146752
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Fortaleza - Ceará - Brasil
439 textos (8782 leituras)
1 e-livros (6 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:21)
Pedro Ernesto Prosa e Verso

Site do Escritor