Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHORA O POETA

Chora o poeta pelas tristezas do mundo;
Chora o poeta pela fome das crianças;
Pelas mães que perderam seus filhos para o tráfico;
Chora o poeta pela desunião dos povos, pelo preconceito de raças e cleros;
Chora o poeta por ver tanta miséria, tanta mesquinharia, tanta desigualdade social;
Chora o poeta por no seu peito só ter amor, e ver no Mundo tanto desamor;
Chora o poeta pelas lágrimas de todos aqueles que não a conseguem derramar;
Chora o poeta pela sua tristeza e pela tristeza de seus irmãos que não a conseguem expressar.
Jorge Santos
Enviado por Jorge Santos em 02/05/2006
Código do texto: T149158
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
93 textos (4627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:35)
Jorge Santos