Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando meu peito seca

Quando meu peito seca só sinto meu coração bater.
Infla o peito à medida que bate, bate com força;
Poderia ser sinônimo de vida, mas é afim com a morte
Por quê a gente chora por não ter mais vida? a nossa entregue a sorte;
Pranto-coração que antes batia, E eu apanhava.
As cegas meu peito se ia.
Pela noite, pela madrugada, como era simples a tua alma;
Mancho teu corpo com o respigo da minha lágrima;
Sobre meu poema, o papel, agora borrado... Era pra você.
Mas eu não distingo mais qual era palavra que estava ali manchada;
Mas que se ia, as lágrimas são verdadeiras...
As palavras, às vezes duvido, eu duvido.
Oh, tanto chora, tanta alegria.
A palavra era teu nome, será que assim te esqueço um dia? Nem assim...
Quando meu peito seca, só se infla com alegria;
Era forte e rigorosa quando contigo sorria
De que basta nosso dom de vida se contigo não pode ser vivida?
Como sua vida era minha, e a tua tu não mais tem,
Quero que fique com a minha também.
Quando meu peito seca, se infla de saudade;
Quando meu peito seca, infla como sinal de minha vida.
Quando meu peito seca é sinal da minha partida.

Eu só tive asas de anjo, quando cheguei ao chão,
Vinha a esperança de exibi-las, foi pura ilusão,
(Nenhuma ilusão é pura)
Posso me ver aqui de cima,
Meus olhos grandes e castanhos, o que resta da minha pele morena, e quente...
Vejo rubro forte sobre meu corpo antes limpo, e curiosos, muitos;
Ia-se um poeta ateu, ninguém sabia que era poeta, mas que era ateu.
Posso escrever sobre mim, grafar nas nuvens que me cercam;
Vou escrever sobre o que eu já fiz. O que não fiz.
Escrevo sobre o que deveria ter feito,
Amar com moderação pra não terminar desse jeito.
E meu peito...E meu peito? Meu peito seca.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 20/05/2006
Código do texto: T159726

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:09)
Andrié Silva