Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vorazes ponteiros


Devoras-me vorazmente as lembranças,
Marcas meu rosto impiedosamente,
Despertas minha saudade dormente,
Obrigas-me a aceitar suas mudanças

Saqueias-me todos os bons momentos
E só o que queria esquecer me resta
Pois causas p’ra risos varrem os ventos
Lágrimas se escondem em qualquer fresta

Covarde , espancas-me e corres , foges ...
E eu , fraco e derrotável não desisto,
“Onde há vida, há esperança!” Por isso tento.

Ser que és insuperável! E sempre urge
Que saibas  o quão me julgo maldito
E ínfimo perto de ti ,  Ó tempo !
(Bernardo Joanes)
Joanes
Enviado por Joanes em 05/06/2006
Código do texto: T169926
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joanes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
2 textos (21 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:28)