Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assobio

Quando estou triste
Assobio.
De noite, de dia
O problema não existe
E se confunde a rebeldia
Como um encanto
Quando assobio...

Que magia tem esse
Assobio?
Às vezes invento a melodia
E, muitas vezes, a alegria
Faz-se de conta
Quando assobio...

E logo imagino
Nesse assobio
A liberdade que não escolho,
As dimensões que não meço,
Talvez a ida ou o regresso,
O inevitável e o impossível,
A fuga da realidade impassível
Que se desfaz
Quando assobio...

E desejo então,
Quando assobio,
Que o sempre não seja constante,
Que o sonho não esteja distante,
Que no infinito haja um desvio
Que se encaixe em meus lábios
Quando assobio!
Daniela Pucu
Enviado por Daniela Pucu em 07/06/2006
Reeditado em 07/06/2006
Código do texto: T171120
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daniela Pucu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
29 textos (1872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:48)
Daniela Pucu