Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Por-do-Sol" (2006)

O que os olhos temem
de um por-do-sol ligeiro,
que se vai todo dia,
o odor sem cheiro.
Nessas manhãs
em luz ligeiras,
ardendo meus olhos
debaixo das telhas.
Sinto frio no coração,
agora nesse mês de junho,
Sinto corpos esmagados,
solitários embaixo de entulho,
que cai sem perdão.
Nem mesmo um
sentado na grama serena,
olhos serrados,
atras do horizonte sem fim...
é passageira,
é passageira...
Ventos frios em olhos lacrimejados
da poeira rasteira...
A noite apenas nós faz ver,
que cada ponto de luz,
iluminará nossas lágrimas...
Rafael Schincariol
Enviado por Rafael Schincariol em 19/06/2006
Reeditado em 20/06/2006
Código do texto: T178317
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Schincariol
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 28 anos
15 textos (539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:03)
Rafael Schincariol